segunda-feira, abril 23, 2018

MONUMENTO 4

PRAÇA DR. AUGUSTO GONÇALVES 
LUMINÁRIA
DÉCADAS 50/60


Detalhe para o chafariz
De fato, o que sobrevive não é o conjunto daquilo que existiu no passado, mas uma escolha efetuada quer pelas forças que operam no desenvolvimento temporal do mundo e da humanidade, quer pelos que se dedicam à ciência do passado e do tempo que passa, os historiadores.

A palavra latina monuentum remete para a raiz indo-européia men, que exprime uma das funções essenciais do espírito (mens), a memória (meminí). O verbo monere significa ‘fazer recordar’, de onde ‘avisar’, ‘iluminar’, ‘instruir’.  O monumentum é um sinal do passado. Atendendo às suas origens filológicas, o monumento é tudo aquilo que pode evocar o passado, perpetuar a recordação.

Nota: A luminária localizada no centro da praça Dr. Augusto Gonçalves da cidade de Itaúna/MG faz parte da História do município. Nesta pesquisa, reconhece-se a importância de inclusão no Patrimônio Cultural a ser preservado pela sociedade civil em conjunto com o Poder Público.


Referência:
Texto extraído do livro: História e Memória.  Jacques Le Goff, ed. Sp.A p., 1990, 283.
Pesquisa: Charles Aquino, Alexandre Campos
Fotografia e Organização: Charles Aquino


0 comentários:

Postar um comentário