sexta-feira, dezembro 21, 2012

Bohemia


Fotografia meramente ilustrativa

FOLHA DO OESTE

Registrada sob o nº 403
Fundador: Sebastião Nogueira Gomide
____________________________________________
Nùmero 82       Itaúna, 15 De Novembro de 1952    Ano 8
____________________________________________

Eu e a Zona Bohemia

Recebemos a carta que abaixo transcrevemos sem comentários.

Exmo. Sr. redator da FOLHA DO OESTE

Sendo um leitor assíduo de seu jornal, admirando profundamente as crônicas do mesmo, venho pedir-lhe para que faça uma reclamação através da FOLHA DO OESTE, que é o seguinte:
  Sou um homem que tenho viajado por quase todo o brasil, e conheço a zona boemia das diversas cidades por onde passei e as mulheres são tratadas com justiça conforme o procedimento das mesmas. E aqui nesta cidade as pobres mulheres, são perseguidas com a maior crueldade. Mesmo aquelas que têm procedimento irrepreensível, a ponto das pobres mulheres não ter licença de sair à rua para comprar o indispensável. Isto é uma barbaridade, estão sendo tratadas como verdadeiros animais. Eu sou um homem casado vivo bem com minha família , não me interessa qualquer mulher , faço isso apenas por instinto de humanidade, elas não tem onde morar. Moram em casebres onde não tem água sem o mínimo conforto, misturadas com as famílias sem a menor liberdade. Quero que o Sr. faça um apelo  ao  Sr. Prefeito desta cidade de Itaúna, para fazer  uma vila para elas, mais afastadas das famílias, para que elas tenham liberdade e mais conforto. E ao Sr. Delegado que faça justiça castigando as que errarem, pois existe a polícia é para manter ordem, mas com espírito de justiça e humanidade.
As mulheres por si já sofrem pela vida que levam, sendo criminosas pelo destino que cumprem e assim sem liberdade de espécie alguma estão sujeitas a passar  fome com os filhos pequenos pois quase todas tem filhos para tratar.

J.P.C

Digitalização conforme original 
Fonte pesquisa Instituto Cultural Maria de Castro Nogueira -  ICMC
Fotografia meramente ilustrativa

0 comentários:

Postar um comentário