sábado, janeiro 20, 2018

ITAÚNA HISTÓRICA E LITERÁRIA


A conexão entre a escrita histórica e literária, mesmo com gêneros textuais distintos, resultam com o mesmo propósito — leitura.
Cláudia de Campos Dias Turra, elenca que, a escrita literária possui verossimilhança e que “dá ao texto uma aproximação da realidade e esse elemento muitas vezes serve como base de interpretação histórica e filosófica. No entanto, o ficcionista não tem nenhum compromisso em registrar fatos reais, o que importa para ele é o efeito da obra, a arte”.  Na parte histórica, “os historiadores procuram interpretar e registrar os fatos de forma mais verossímil possível. São profissionais que, para compreender um contexto ou uma manifestação de determinada época, precisa reunir documentos e dados”.
No arraial de Sant’Ana do Rio São João Acima, hoje Itaúna, o jornal Centro de Minas fundando em 1890, já existia bem antes da primeira indústria e emancipação política do município. Segundo nos informa Raimundo Corrêa de Moura, dos inúmeros jornais que existiram no século XIX, “alguns tinham um fundo exclusivamente literário” e os demais, “foram sobretudo noticiosos, principalmente dos assuntos locais”.
A pujança de escritores, poetas e historiadores, sempre acompanharam a evolução do município, seja direta ou indiretamente em sua história. Diante desta importante conexão histórica e literária itaunense, a pesquisadora Patrícia Gonçalves Nogueira, pesquisou e elaborou até o momento (sujeito a alteração), uma lista de livros com autores natos e adotivos do município de Itaúna.

ITAÚNA HISTÓRICA E LITERÁRIA: PARTE 1

ITAÚNA HISTÓRICA E LITERÁRIA: PARTE 2

ITAÚNA HISTÓRICA E LITERÁRIA: PARTE 3

ITAÚNA HISTÓRICA E LITERÁRIA: PARTE 4

ITAÚNA HISTÓRICA E LITERÁRIA: PARTE 5


REFERÊNCIA:
Elaboração e Texto: Charles Aquino
Pesquisa: Patrícia Gonçalves Nogueira
MOURA, Raymundo Corrêa de. Revista Acaiaca: org. Celson Brant. Belo Horizonte, ano 1954, p.169,170, 171 e 172.
Texto histórico, texto literário e as relações interdisciplinares. Disponível em: http://uniesp.edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20170602121739.pdf
Acervo: Shorpy


0 comentários:

Postar um comentário