quarta-feira, maio 03, 2017

RUAS DE ITAÚNA


PROPOSTA

         No habitual corre-corre da vida moderna, no afoitamento de nosso trabalho e das inúmeras atividades; por muitas vezes passamos por ruas e praças e quase nunca nos atinamos para a denominação desses logradouros públicos. Utilizamos os nomes que estão ostentados nas placas indicativas, sem sequer perceber que se tratam de nomes de outras pessoas também- seres humanos como nós- que aqui viveram, sonharam e construíram suas vidas...
         A cidade dos vivos se constitui salpicada pelos nomes dos mortos, os quais, com o passar dos anos, se instrumentalizam, e passam a significar tão somente o lugar aonde estão afixados e não mais a pessoa – o ser humano- que um dia nos antecedeu nesta caminhada sobre a terra.
         Então, um dos nossos propósitos é; apresentar à Itaúna do hoje, a Itaúna de ontem; daquelas pessoas cujos lugares e funções profissionais e sociais muitas vezes, nós ocupamos.
Outros professores, médicos, advogados, donas de casa, juízes, barbeiros, padres...enfim...uma outra cidade que já existiu, sorriu, chorou, pensou, se emocionou e que hoje se perde na memória- com alguns deles sendo homenageados nas placas, monumentos, bustos e denominações diversas.
         Logicamente, missão quase impossível seria contar a história de todos os personagens que denominam nossas ruas e praças e etc.. Contudo, não nos furtaremos de assinalar ao menos alguns deles, em nova homenagem a todos- os que estão nas placas e os tantos outros anônimos- que ajudaram a construir a Itaúna de hoje, que tanto amamos...
         Portanto, vamos a esse passeio por nossa cidade; aqui parando e lendo os nomes das placas e buscando trazer à memória, a vida desses tantos que nos precederam.... Vamos lá?


COLABORADORES:
Charles Aquino
Prof. Luiz Mascarenhas
Patrícia Gonçalves Nogueira

0 comentários:

Postar um comentário