domingo, abril 02, 2017

A BELA E O FEIO DE ITAÚNA

Qual a mais bela moça de Itaúna? Qual o rapaz mais feio de Itaúna?

Para responder a estas perguntas, o jornal de informe humorístico e cultural do município de Itaúna, o “Zum Zum”, no ano de 1922, realizou um concurso para eleger a moça mais bela e o rapaz mais feio.  O jornal era de grande popularidade na cidade, fundando no ano de 1917, pelo Grupo dos 5 “e que muitos anos desopilou os itaunenses” (DORNAS, p.55)  
As regras do concurso eram distintas — Para eleger a moça mais bela, toda a população poderia participar da eleição, o qual, era realizada com cédulas de papel e seriam depositadas em uma urna. Para eleger o rapaz mais feio, a eleição seria realizada somente através das moças que estavam no concurso.
O último a ocupar o trono de mais feio da cidade, foi o sr. Cícero Franco, cuja votação, conseguiu a façanha de ser eleito por unanimidade de votos.   Havia uma importante cláusula no concurso — o rapaz que se casasse, seria eliminado perdendo seu reinado de feiura.   
A inquietude tomou conta de toda população e dos candidatos que aguardavam o resultado da apuração dos votos. Uma comissão ficou responsável para fiscalização dos resultados — “As Mademoiselles, Ivolina Gonçalves, Sinha Moreira e Petrina Santiago; dos interessados, Hercílio, Zezé, Chichico e Záu; e fiscais Juca e Zimbo”. A apuração durou mais de duas horas, com chiliques e vertigens dos presentes mesários.

RESULTADO GERAL DO CONCURSO:
Moça mais bela de Itaúna
NOME
VOTOS
Nair Chaves
345
Altair Gonçalves
85
Maria Linda
80
Albertina Gonçalves
55
Sinhá Moreira
25
Ignésia Moreira
20
Lygia Gonçalves
15
Palmyra Marques
15
Cecy Mello
10
Ivolina Gonçalves
05
Adalgisa Mattos
05
Maria Augusta
05
Alzira Gonçalves
05
Zilda Coutinho
05

Eleita a mais bela moça, Nair Chaves foi agraciada com presente e um poema de Medeiros e Albuquerque:
Quando a virdes surgir, sabei que passa
O Mimo, a Mocidade, o Encanto, a Graça:
Tudo o que inspira os hynnos e as canções!
E, si o pé pequenino pisa incerto,
É porque, no pisar, ele por certo
Sente que pisa sobre corações.

Rapaz mais feio de Itaúna
NOME
VOTOS
José Penido (Prigoso)
235
Hercílio Gonçalves (Mocorró)
75
Zezé Santiago (Polaco)
70
João Dornas Filho (Záu)
30
Antônio Soares Nogueira
25
Romeu Nogueira
15
Clarindo Gonçalves
15
Mozart Gonçalves
15
Francisco Santiago (Chichico)
15
Sady Machado
10
José Lima
10
Nelson Soares Nogueira
10
Jujú Lima
05
Ocalino Gonçalves
05
Dr. Augustinho
05
Sylvio Soares
05
Vicente Soares
05
Ronan Soares
05
Clarindo Novato
05

O jovem eleito mais feio de Itaúna, José Penido, teve uma votação bastante expressiva, dando jus ao apelido jocoso “Prigoso”, que teria o significado de “pirigoso”.
O Zum Zum, após ter publicado o resultado do concurso, deixou aos seus leitores a seguinte mensagem no jornal:
Deixamos ao critério do povo julgar si houve ou não justiça na presente eleição. Feio por feio todos os candidatos são ... mas, o que aqui prevalece é a opinião das moças. Elas elegeram o Prigoso e por isso ele tem que ser feio até depois de morto.
Então !!!! Percebe-se que, para deixar de ser feio, o matrimônio era a salvação!   


FONTE DOCUMENTAL: Jornal: Zum Zum. Século XX, Itaúna, 25 de junho de 1922. Nº 31, p.1,2,3. 
FILHO. João Dornas. Itaúna: Contribuição para a história do Município, BH, 1936.
FONTE ORAL: Professor Marco Elísio Chaves Coutinho.
PESQUISA E ORGANIZAÇÃO:  Charles Aquino. Graduando em História, 7º período, UEMG/Divinópolis/MG.  Pesquisador e Historiador de documentos séculos XVIII, XIX, XX.
ACERVO FOTOGRÁFICO: Professor Marco Elísio Chaves Coutinho.
MOÇA MAIS BELA´: Nair Chaves — Quinta moça, da esquerda para direita.
RAPAZ MAIS FEIO: José Penido —   Oitavo rapaz, da esquerda par direita.

Um comentário: